FAIXA 06 — BEKOJI

ELEVATE

ASSISTIR AGORA
WE RUN WITH

Girls
Gotta Run

O que é preciso para superar tradições culturais e enxergar um futuro melhor?

Como parte de nossa busca global por encontrar a cultura e a comunidade da corrida para a série de filmes Run Wild do Jaybird, viajamos para a pequena vila de Bekoji, Etiópia, uma cidade rural que produziu alguns dos melhores corredores de longa distância do mundo.

Fomos a Bekoji para testemunhar uma verdadeira revolução - um grupo incrivelmente inspirador e motivado de jovens corredores que faziam parte da Fundação Girls Gotta Run, uma organização sem fins lucrativos dedicada a usar o esporte nacional da Etiópia para criar espaços seguros, expandir a educação e capacitar jovens mulheres etíopes e suas comunidades.

Depois de experimentar a maneira como a GGRF e essas jovens estavam mudando a narrativa tradicional de oportunidades para as mulheres etíopes, nós nos inspiramos profundamente para ajudá-las a fazer a diferença.

Nosso Objetivo

Inspirados por essas jovens garotas e em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, planejamos fornecer a cada membro do Girls Gotta Run um novo par de tênis e uma roupa de corrida. Cada US$ 75 que arrecadamos fornece a uma garota um kit completo de corrida - junte-se a nós para ajudar a capacitar e criar um futuro melhor para as mulheres etíopes.

US$5

De cada fone de ouvido vendido doado para Girls Gotta Run.

US$75

Para equipar um membro de Girls Gotta Run com um novo kit de corrida.

Duas formas
de ajudar

Suporte com compra

US$ 5 de cada compra de fone de ouvido da Jaybird em março irão diretamente para o suporte a GGRF.

Doe diretamente

Suporte a Girls Gotta Run através de uma doação direta Aqui

Produtos em destaque

US$ 5 de cada fone de ouvido vendido são doados diretamente para Girls Gotta Run Foundation

Verdadeiramente sem fio

Run

Resistência Fantástica

Tarah Pro

Versatilidade robusta

X4

Desempenho essencial

Tarah

Personagem em destaque

Rory Bosio

Duas vezes campeã da UTMB e uma das melhores ultracorredoras do mundo, Rory está viajando pelo mundo em busca do futuro da cultura da corrida.

“Se a trajetória de vida de uma dessas mulheres jovens for alterada rumo à independência ou educação de nível superior, ou se forem capazes de passar para a próxima etapa de suas vidas, empoderada como mulheres jovens e encarregada de seu próprio futuro, isso teria um efeito em cascata em toda a comunidade, e esperemos que no resto do mundo.”

Treinadora Fatia Abdi

Treinadora-chefe do GGRF Bekoji Program, Fatia é a primeira e única treinadora feminina em Bekoji. Após o treinamento para se tornar uma maratonista profissional, ela decidiu se tornar treinadora para ajudar outras jovens a atingirem seus objetivos.

“Quando treino as meninas e vejo a mudança nelas, isso me deixa feliz. Com o treinamento, elas podem ser campeãs e voar mais alto no futuro... Correr pode mudar o mundo.”

Derartu

Derartu, de 14 anos, é uma corredora da oitava série que está no programa de bolsas esportivas da GGRF há três anos. Ela mora com seus pais, avó e duas irmãs em uma casa de fazenda tradicional nos arredores de Bekoji.

“Não vou parar por causa do cansaço, porque penso no meu futuro. Eu quero ser uma corredora profissional, então o cansaço de hoje não me impedirá”.

Bekoji

Pequena vila rural de 17 mil habitantes no planalto central da Etiópia, Bekoji produziu uma quantidade extraordinária de corredores olímpicos de distância que ganharam 16 medalhas nos últimos 20 anos.

“Você diz o nome Bekoji para corredores e eles imediatamente sabem, "ah, é de onde vêm os corredores etíopes mais velozes.'

 
CORRA CONOSCO

Inscreva-se para receber ofertas e atualizações exclusivas